Como fazer um bom planejamento financeiro e fugir das dívidas

Quem nunca se viu endividado? É até comum até perder noites de sono pensando nas contas acumuladas que não podem ser quitadas. Saiba que um bom planejamento financeiro pode evitar tudo isso e, principalmente, impedir que o endividamento prejudique a sua vida de alguma forma.

Mas como executar um planejamento que funcione na prática e seja eficiente para evitar o endividamento?

Tenha uma planilha com as suas despesas e receitas

Essa dica é a mais básica de todas, o primeiro passo de um planejamento financeiro. Em uma tabela, coloque todos os gastos previstos para o mês e, em outra, o que você vai receber. Bata os dois números, analise quanto sobra depois de quitar aquelas despesas fixas e necessárias: aluguel, prestação da casa, do carro, energia elétrica, água, alimentação e outras. Do que sobrar, reserve uma porcentagem para guardar e o restante para gastar com o que não é prioritário.

Paralelamente a isso, em uma terceira tabela, vá anotando tudo o que você gasta, mesmo que seja R$ 2. No final do mês, você vai conferir se gastou mais do que o previsto e, o que é mais importante, em quê você anda gastando. Isso é fundamental para readequar as suas finanças.

• Deixe o cartão de crédito em casa

Ele é o vilão das dívidas, então, corte o mal pela raiz: quando sair de casa, deixe o cartão de crédito, porque é muito fácil perder o controle dos gastos com ele. Assim, o cartão fica reservado para situações especiais, compras grandes e necessárias que precisam ser parceladas.

• Compre à vista

Muitas vezes, quem compra à vista consegue um bom desconto do comerciante, que acaba compensando. Faça desse tipo de compra a sua primeira opção sempre, para evitar que os parcelamentos levem você direto para o endividamento.

Tenha uma meta

Se você está pensando em comprar uma casa ou um automóvel, já tem o seu objetivo. Caso contrário, estabeleça alguma outra meta: guardar um valor X por ano para a faculdade dos filhos, para viajar. Qualquer coisa que motive você a controlar melhor as suas finanças.

  • Consulte seu CPF regularmente

É importante saber como está seu CPF, por isso sempre que possível verifique se está tudo certo! Consulte já o seu CPF pelo nome online com segurança e rapidez.