É possível tirar o nome do SPC sem pagar as dívidas ?

No Brasil, o excesso de dívidas tem afetado cada vez mais pessoas. Uma compra ali, um gasto aqui e, quando percebem o estrago, já é tarde demais. As contas atrasadas geram juros altíssimos que dificultam ainda mais a quitação de tais dívidas. Assim, em nosso país, após acumular muitas contas sem pagar, é comum que as empresas e prestadoras de crédito solicitem que o nome do cliente seja negativado e colocado no Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) e Serasa.

Como tirar o nome do SPC sem pagar as dívidas

É possível sim tirar o nome do SPC e Serasa sem quitar as dívidas com juros exorbitantes ou esperar passar os cinco anos negativado. Basta que você alegue que não concorda com o montante da dívida e exigir que seu nome seja retirado destes órgãos. Isso pode até parecer simples, mas exige algumas burocracias até que tudo esteja resolvido.

Para que seu nome seja retirado do SPC e Serasa antes da realização de qualquer audiência, você deve entrar com uma Obrigação de Fazer. Apesar de esta expressão ser pouco conhecida, trata-se de um requerimento em que a pessoa assume o que deve, mas não está de acordo com os juros colocados e nem com os métodos que o levaram a ter o nome dentre os negativados.

Comece consultando o seu CPF > CLIQUE AQUI.

Em um passo a passo simples: você deve ir ao SPC e Serasa de sua região e solicitar o informativo da sua dívida. Em seguida, procure a Vara de Juizado Especial Cível que realize Audiências de Conciliações e dê entrada nas documentações em desfavor das empresas as quais você deve. Após isso, você deve atender a todas as solicitações do Juizado e aguardar que seu pedido seja aceito.

É importante saber que, se a causa for de até 20 salários mínimos, você pode resolver tudo isso sem pagar os honorários de um advogado, já que nem todo mundo pode arcar com esses gastos. Nestes casos, o que importa realmente para “ganhar a causa” é que a documentação esteja em ordem. O único papel do advogado será de assinar uma liminar depois que a obrigação de fazer for protocolada pelo Tribunal Regional.

Para consultar seu nome com praticidade e segurança, acesse nosso site.