Saiba como manter o nome limpo

De acordo com dados do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC), mais de 40% da população brasileira com mais de 18 anos está com o nome sujo. Ao todo são 56,5 milhões de brasileiros que contraíram dívidas que não podem quitar. O problema é que a crise política que assola o País tem influência direta na economia, os juros estão mais altos e a previsão que mais pessoas tenham o nome negativado até o fim do ano.

Para evitar que você seja mais um número dentro desta ampla estatística, e que tenha seu nome limpo, selecionamos dicas que podem te ajudar a conquistar a saúde financeira que mais de 82% da população sonha em ter.

1 – Sabedoria em números para ter o nome limpo

O primeiro passo para se manter saudável economicamente está no modo como você planeja o que gasta. É bem simples, basta que tenha em mente que mais de 20% de sua renda deve ser guardada e que os gastos fixos mensais não podem ultrapassar 40% do seu salário.

2 – Preveja seus gastos

O segundo passo é prever o máximo possível de gastos que realizará. Faça uma média de quanto gasta com as despesas mensais como água, luz, telefone, transporte, alimentação, entre outros.

3 – Tenha um planejamento

Pode ser um aplicativo financeiro, uma caderneta ou até mesmo uma tabela no seu computador. Liste tudo o que ganha e gasta e faça as contas para que no fim do mês você ainda tenha um respiro de seu salário. Planejar é o passo mais importante para quem não quer se endividar.

4- Seu CPF, sua responsabilidade. A dica de ouro para o nome limpo

Saiba que seu nome é responsabilidade sua, por isso, não empreste seu CPF para ninguém e tenha cuidado com as páginas que pedem esses dados. Sem saber você pode estar caindo em um golpe que só será descoberto quando precisar de um empréstimo ou financiamento.

5- Saiba a data de suas faturas

O ideal é que você procure manter as faturas sempre próximas à data de seu salário. Isso evita que você gaste o dinheiro no impulso e acabe sem ter como manter seus compromissos. Se isso não for possível, tenha uma tabela ou calendário com a data de todos os seus compromissos financeiros.

6- Use o cartão de crédito com sabedoria

Ele te dá a possibilidade de só pagar no mês seguinte, mas não evita que você pague. Por isso, na hora de ver o limite, saiba o quanto você pode gastar e não seja imprudente com os valores que passa no cartão.

7- Assuma as responsabilidades

As contas fixas são responsabilidades que não podem ser adiadas. Por isso, se você sabe que seu salário só dá para quitar essas contas, tenha consciência de suas responsabilidades e poupe até conseguir o que quer.

Quer saber se o seu nome está sujo? Basta acessar um site especializado em consulta, que tem a segurança e confiabilidade que você busca site, cadastre-se e faça já a sua consulta, é fácil, prático e rápido!